Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Quarta-feira, 13 de Junho de 2018

Texto-pivô: Trabalhar e estudar ao mesmo tempo pode ser um desafio. 
Fomos perceber qual o futuro destes jovens com o curso a terminar. 

 

Vivo Entrevistado 1: A minha maior dificuldade foi conseguir conciliar o trabalho com o estudo e entregar tudo a tempo.

 

Vivo Entrevistado 2: Já depois de ter perdido alguns anos na faculdade de Direito optei por mudar, radicalmente, a minha perspetiva da vida universitária. Comecei a aplicar-me mais, comecei a trabalhar para ter dinheiro para os meus gastos do dia-a-dia e tive que organizar o meu tempo de forma muito mais cuidada. Tinha que ter tempo para estudar, tinha que ter tempo para fazer trabalhos, tinha que ter tempo para namorar, para trabalhar, tinha que ter tempo para tudo. 

 

Vivo Entrevistado 1: É super complicado conseguir estudar e trabalhar, muitas vezes trabalhar e estudar e começam a ser cortados vários apoios e muitos ficam cansados. "Ah, faltaste. Sabes que isso faz-te mal?" Sim, se calhar aquilo faz-me mal, mas eu preciso de trabalhar para conseguir estar aqui, para ter uma coisa no fim. Ou seja, nós muitas vezes temos de cortar numas coisas para poder ter benefícios noutras. 

 

Vivo Entrevistado 2: Acho que consegui abrir os meus horizontes, acho que consegui fazer um bom trabalho e por isso é que também recebi uma proposta de trabalho e ao mesmo tempo, acima de tudo, arranjei tempo para tudo e essa organização do tempo fez com que me torna-se uma pessoa melhor, mais responsável e ao mesmo tempo uma pessoa mais cuidada em relação a tudo. 

 

Vivo Entrevistado 1: Recebi ainda esta semana uma carta da Câmara a dizer que os meus apoios iam ser cortados e tu pensas,  bem aquelas pessoas que sempre estudaram, sempre trabalharam e sempre se esforçaram para, depois se calhar são penalizadas. Se calhar, realmente, mais valia ter ficado em casa sem trabalhar porque ia receber um benefício que já não vou receber.

 

Vivo Entrevistado 2: Obrigou-me a crescer e, ao mesmo tempo, deu-me responsabilidades que eu se calhar nunca tinha encarado. 

publicado por Rafael Oliveira às 14:30

pesquisar
 
Junho 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
30


Últ. comentários
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro