Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018

Texto-Pivot: Nuno Barbedo com 35 anos é um dos artistas que ganhou grande visibilidade com a arte que produz.

 

A viver da arte mas até agora tenho conseguido, com muito esforço mas tenho conseguido.

Já pinto, já estou nisto há 20 anos.

A street art está a deixar de ser vista como uma coisa criminal e está a passar a ser vista como uma coisa boa.

Há cada vez mais artistas a passarem da rua para a galeria a venderem o trabalho deles a um bom preço, acho que está a ser visto como uma coisa má para ser uma coisa boa.

Pinto mais nas cidades onde vivo mas depois quando viajo também pinto muito. 

Seja em Portugal seja no Estrangeiro. Já pintei em festivais de streetart aqui pelo interior do Pais em Vila Real, Bragança e depois tenho feito assim muitas terrinhas porque o grafite e o street art hoje em dia não é só visto nas grandes cidades mas também no interior.

O que me deu mais visibilidade foi agora o da super Bock, eu fiz uma garrafa, edição especial, fiz o desenho num prédio e depois pintei em festas, realizaram festas temáticas da garrafa e eles davam a garrafa e eu pintei ao vivo e pintei em 10 sítios diferentes. 

Tenho feito algumas exposições coletivas, em Lisboa aqui no Porto. 

Já começa também a existir apoios, já há pessoal que paga para isto e as câmaras municipais já organizam algumas coisas agora se disser que quero fazer “isto” e for pedir apoio à câmara já é mais difícil de conseguir.

publicado por Pedro Lorador às 15:03

pesquisar
 
Maio 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Últ. comentários
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro