Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Terça-feira, 13 de Maio de 2014

Texto pivô:

Este ano assinalaram-se os quarenta anos da “Revolução dos Cravos”, que pôs fim ao Estado Novo. Mas abriu caminho à instauração do regime democrático, em Portugal.

 

 

 

 

 

Voz off1: Depois da Revolução dos Cravos, a população sentiu a necessidade, de garantir que tinha uma opinião e que a podia mostrar em público sem medo.

 

Entrevistado 1: Só depois do 25 de Abril, é que a gente pôde ver o que não havia antes, a nível de saúde, a educação, quer dizer, isto foi assim uma coisa, estonteante.

 

Entrevistado 2: Para mim foi o mudar de toda uma geração, foi a partir daí que conseguimos liberdade e que agora podemos ter, tudo o que temos hoje em dia, liberdade de expressão, direito ao voto das mulheres, esse tipo de coisas.

 

Entrevistado 3: Primeiro foi de liberdade e democracia, primeiro, depois, hoje, os portugueses, aos milhares, vivem na precariedade e não têm um cêntimo para ir a um café.

 

Voz off 2: A liberdade, tem vindo a ser destacada por muitos, como a melhor, maior e mais duradoura conquista.

 

Entrevistado 4: Isso foi muito bom, as pessoas virem que realmente, têm de ter mais exigências. Temos que pronto, pedir mais e ter mais.

 

Entrevistado 5: Essa questão da liberdade mudou, mas neste momento, o nosso governo, com as políticas que está a tomar, parece que voltamos um bocadinho ao tempo do pré-25 de Abril.

 

Entrevistado 6: Portanto, a liberdade propagandista desta república, do 25 de Abril, é mentirosa, não há democracia e não há liberdade.

 

Voz off 3: Hoje, Portugal ainda vive de forma intensa, as grandes transformações provocadas pela revolução.

 

 

 

Texto: Tânia Durães e Hugo Ramos

Imagem e Som: Vítor Pinto

publicado por taniaduraes às 10:04

pesquisar
 
Julho 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes
Últ. comentários
https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogsp...
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro