Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Quarta-feira, 12 de Junho de 2019

Texto-Pivô- As tatuagens fotorrealistas dão uma ilusão de ótica em três dimensões. Filipa Silva é especialista na categoria.

 

Voz off 1: Filipa Silva é uma tatuadora portuguesa reconhecida por ter vencido prémios a nível internacional e distingue-se nas tatuagens fotorrealistas.

Vivo 1: O que fica na pele é as duas dimensões não é? Mas dá para criar uma ilusão de ótica e depois da tatuagem estar terminada tirar uma fotografia a parecer que é tridimensional mas na verdade não é.

Voz off 2: Ian é tatuador no estúdio de Filipa. Acredita que as tatuagens são uma marca de existência e estão em constante evolução.

Vivo 2: A modernização dos equipamentos, de tudo, desde as máquinas, impressoras, tintas. A tatuagem está sempre evoluíndo e consequentemente os tatuadores também, fazendo tatuagens cada vez melhores por causa disso.

Voz off 3: As tatuagens são memórias que marcam e muitas vezes associadas a estereótipos negativos no mercado de trabalho.

Vivo 1: Se alguém te disser que tu não podes trabalhar com tatuagens é a mesma coisa que estar a apontar o dedo por seres negro, por seres gay, por seres lésbica, é a mesma coisa.

publicado por Eduardo Costa às 14:24

pesquisar
 
Junho 2019
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Últ. comentários
https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogsp...
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro