Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Quarta-feira, 10 de Janeiro de 2018

Texto pivô

Hoje é o dia mundial do idoso.

Numa fase em que tanto se debate sobre os cortes aos pensionistas, há reformados que ainda precisam de trabalhar.

 

 

Vivo jornalista 1

Em 2016, os dados apontavam para cerca de 483 mil reformados em Portugal.

Os valores das reformas, variam entre os 150 e os 4 mil euros.

A maioria, recebe o valor mínimo.

 

Voz off  1

Conceição Nunes, vive em Estarreja. Uma pequena localidade no distrito de Aveiro.

Tem 75 anos e é reformada há 10. Recebe 254 euros de pensão mensal.

 

Voz off 2

A vista já está cansada e o corpo pede o merecido descanso.

Mas há uma preocupação que não lhe sai da cabeça.

 

Vivo entrevistado 2

«Tenho a idade que tenho e levanto-me às 6h da manhã. Vou tratar da minha criação e vou para o quintar trabalhar, fazer aquilo que é preciso. Principalmente de verão que agora está a chover, não se trabalha tanto no quintal.»

 

Voz off 3

A enxada, ajuda a marcar o passo. Conceição, aproveita o tempo para semear pequenos campos agrícolas. A colheita, vai para o jantar ou para venda no pequeno retalho.

 

Vivo entrevistado 2

«Olhe menina! A minha reforma é pequena, eu tenho que continuar a trabalhar para poder sobreviver. Tenho filhos mas estão a tratar da vida deles e eu tenho de trabalhar para poder sobreviver. Tenho contas para pagar, tenho que trabalhar. Ainda pego na bacia da roupa, vou lava-la à fonte  há mão para não estar a gastar energia e tenho que trabalhar. Não sou como esta malta nova agora que não gosta de trabalhar nas terras… porque se gostassem, os pinhais estavam limpos e não tinha havido estes incêndios todos assim, como houveram este ano.»

 

Voz off 4

Ao final do dia, resta a certeza de que é graças ao trabalho, que Conceição consegue viver na idade da reforma.

publicado por Ana Miranda às 15:16

pesquisar
 
Janeiro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Últ. comentários
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro