Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017

Filipa Coelho e Rita Silva

 

Texto Pivô: A arte de Gobelan nasceu em França no século XX. 

São poucos os portugueses que a conhecem. Uma arte cara que não está ao alcance de todos.

 

 

Voz Off 1: Augusta Coelho tem 75 anos e está reformada. Decidiu dar um novo rumo à vida. Hoje frequenta a escola de Gobelan em São Mamede Infesta.

Vivo 1: " Também tive um professor brasileiro que me ensinou a trabalhar com estanhos e sabonetes. E numa altura dessas aulas, encontrei uma senhora que também foi para esse curso e que me começou a falar do Gobelan. Como eu não conhecia nada, e realmente vi que é uma coisa que não vejo em casa nenhuma...É um trabalho que enriquece qualquer casa pobre até, e eu fiquei apaixonada".

Voz Off 2: Há 12 anos que Augusta faz esta arte que muitas vezes é confundida com a pintura.

Vivo 1: "O Gobelan, muita gente não identifica porque quando vê um quadro meu até põem o dedo a pensar que é uma tinta. E na realidade eu acho que...Quem me dera ter categoria para fazer um quadro pintado, mas eu acho que é muito mais difícil porque eu tenho que pintar com uma lã e uma agulha. E ao pintar com uma lã e uma agulha, eu tenho que dar expressões, ligar cores, sem que a pessoa se aperceba".

Voz Off 3: Podemos encontrar estas peças em todas as Câmaras Municipais, no Museu Soares dos Reis, da Marinha e no Palácio da Bolsa. Luz Alves é a única professora de Gobelan em Portugal. Faz esta arte há 50 anos.

Vivo 2: "Isto é uma arte muito cara, não fica barato um quadro, tanto que um quadro destes é para 700, são muito caros. (O quadro mais caro que tem, acha que rondará perto de que valor? Uma estimativa?) Pode ser até 5000, 7000 euros. (O que não paga o trabalho e o amor que se dedica à peça) Eu não vendo".

Voz Off 4: Estas são algumas das exposições. Para ver mais visite o museu mais próximo de si.

 

 

publicado por Filipa Coelho às 17:20

pesquisar
 
Junho 2017
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14
15
16
17

18
19
20
21
24

25
26
27
28
29
30


Últ. comentários
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro