Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Terça-feira, 09 de Janeiro de 2018

Texto Pivô: O Natal está aí à porta e com ele vem o frenesim das compras de prendas e o preparar de sobremesas. Apesar da crise na mesa certamente não poderá faltar o bolo rei e o pão de ló

 

Voz Off: Começaram os preparativos para as festas natalícias. As árvores estão montadas, as luzes ligadas, e chegam agora os dias da compra dos tradicionais pão de ló e bolo rei.

Fomos falar com a proprietária da Confeitaria e Pastelaria Senhora do Monte para descobrir de que maneira a crise tem afetado as vendas natalícias.

 

Entrevistado 1: A diferença é bastante notória em termos de consumo, porque há muito supermercados, pequenos e grandes supermercados, onde as pessoas cada vez mais procuram não olhando à qualidade. Pronto, ter um bolo rei na mesa nem sempre significa qualidade e daí notar-se essa grande diferença.

A nossa casa é uma casa já com 50 e muitos anos, é um negócio de família, onde trabalham os pais, os filhos e já os netos dos fundadores. Mantém-se a mesma tradição, a mesma receita familiar, e ainda temos aqueles clientes que veem propositadamente do porto e de outros locais buscar o bolo rei que já conhecem bem. No entanto, as quebras são muito acentuadas.

 

Voz Off 2: Apesar destas mesmas quebras, a chamada parede das encomendas continua a compor-se com os pedidos dos clientes habituais.

 

Entrevistado 2: Sou cliente da confeitaria Senhora do Monte à mais de 40 anos. Prima-se pela qualidade, pelo bom atendimento. Em relação aos clientes deste estabelecimento, acho que diminuiu um bocadinho, porque a crise assim também o permitiu. Não há tanto trânsito nesta zona, o que leva a que haja também menos clientela.

De qualquer maneira, a qualidade não foi perdida, as pessoas que servem são pessoas com qualidade, são pessoas simpáticas, são pessoas atenciosas, são pessoas que sabem cativar a clientela.

E, aconselho todas as pessoas que passem por aqui, por Sebolido, a virem cá, a frequentarem a confeitaria.

publicado por ivaniadcardoso às 21:11

pesquisar
 
Janeiro 2018
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
15
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Últ. comentários
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro