Blog dedicado à unidade curricular de Jornalismo Televisivo da Universidade Lusófona do Porto

Terça-feira, 02 de Junho de 2020

 

Texto pivot:

Os parques de campismo já abriram. Os responsáveis esperam agora aliviar o stress de um confinamento de 2 meses.

 

Voz off 1 – O Parque de Campismo de Celorico de Basto é o local escolhido por aqueles que se querem afastar do movimento das grandes cidades.

 

Entrevistado 1 (Maria Augusta Ferreira) – “Estive em casa confinada sete semanas e agora ao fim de sete semanas vim aqui para o campo sinto-me muito melhor e mais segura.”

 

Entrevistado 2 (Joaquina Alves) – “Prefiro fugir da cidade que é muito mais impróprio por exemplo e prefiro vir para aqui que me sinto mais segura”.

 

Vivo: Os primeiros clientes já começaram a chegar ao parque de campismo. Segundo os responsáveis são esperados muito mais até ao final de semana.

 

Entrevistado 3 (Nicolau Bacelar) – “foi uma indicação da Direção Geral de Saúde e do Conselho de Ministros fechar os parques. Foi realmente preocupante porque as pessoas durante muito tempo deixaram de vir e ainda agora vêm mas com medo.”

 

Voz off 2 – “Segundo Nicolau Bacelar a abertura do parque foi possível com o cumprimento das medidas da Direção Geral de Saúde.”

 

Entrevistado 3 (Nicolau Bacelar) – “Apelar à higienização no fim da utilização de cada utente mas também os serviços do parque 3 ou 4 vezes de manhã e outras 3 ou 4 vezes de tarde irem limpar e higienizar tudo com produtos indicados de forma a tentar evitar ao máximo o contágio entre pessoas.”

 

Voz off 3 – Quem por aqui passa não dispensa o contacto com a natureza. A permanência da abertura do parque depende agora do bom senso dos campistas.

 

Realizado por Bárbara Oliveira, Débora de Sousa e Viviana Fangueiro 

publicado por Débora de Sousa às 23:45

Texto pivô: Reabriu, esta sexta-feira, uma das mais antigas feiras de Paços de Ferreira. Com a segunda fase de desconfinamento, os feirantes voltaram ao ativo, mas com menos movimentação.

Comerciante 1: Nós só vivemos disto, não temos mais nada.

Voz-off 1: Esta feira realiza-se há mais de 20 anos. Vir aqui é quase uma tradição, mas esta manhã começou devagar e sem filas. Quem por aqui anda, acredita que vale a pena.

Cliente 1: [Já era normal vir a esta feira?]

Esporadicamente sim. Tenho aqui familiares.

Cliente 2: Eu já fui a esta feira.

[Porque é que vieste à feira?]

Visitar as tias e comprar melancia.

Cliente 1: [Não sente receio em vir à feira?]

Uma pessoa sente sempre um bocadinho de receio, mas também tem que dar um passo em frente porque se continuarmos assim também não é fácil.

Vivo: É uma imagem que já não se via desde o início da pandemia. Os feirantes arrumaram as tendas e ficaram à espera da reabertura. Esse dia chegou, hoje, a Paços de Ferreira.

Comerciante 2: Temos que adaptar as nossas rotinas a outro método, mas está a correr bem.

Comerciante 3: Está a correr dentro das expectativas. Aqui é tudo de bom, desde as feirantes até a uma vassoura, e depois esta frescura.

Comerciante 1: Assim, assim, estamos a começar.

Comerciante 4: Muito fraco. As pessoas hoje sentem um bocado de receio, o poder de compra cada vez também é menos. A concorrência também é muita, as grandes superfícies, as lojas estão a fazer preços para vencer o cliente e tudo isto vai afetar o comercio tradicional.

Voz-off 2: Elementos da Polícia Municipal de Paços de Ferreira estiveram atentos e tudo correu como previsto. O civismo e o sentido de responsabilidade parecem ter entrado também esta manhã na feira.

Polícia: Está a correr bem, o espaço é bom. As pessoas têm trazido as máscaras, não tem havido nenhuma situação de anormal, estão a cumprir distanciamento.

Voz-off 3: Fechados nos últimos dois meses, a feira reabriu a 29 de maio em formato mini. Os vendedores tentam neste primeiro dia reequilibrar a balança do tempo em que estiveram parados.

 

publicado por Daniela Couto, Marta Andrade, Raúl Gaspar às 22:19

Texto Pivô: O Primeiro Ministro, António Costa anuncia as medidas da terceira fase do desconfinamento. O teletrabalho deixa agora de ser obrigatório.

Voz Off: As medidas foram anunciadas a 29 de maio. Voltarão a abrir as Lojas de Cidadão, lojas com mais 400m² e restaurantes de centros comerciais. O teletrabalho passa a ser decisão da entidade patronal, com algumas exceções.

Entrevistada: [Cândida] Foi decidido no nosso trabalho, aqueles que tinham filhos inferiores a 12 anos não iriam retomar já e portanto vão alguns colegas em sistema de rotatividade. Vão uma semana e depois normalmente, é uma semana por mês eu acho que alguns vão entrar.

Vivo: O caso da Cândida, tal como o de vários pais de crianças menores de 12 anos é uma das três circunstâncias onde o trabalhador possui o direito de permanecer em teletrabalho.

Entrevistado: Se tiver imunodeprimido ou portador de alguma doença crónica; se tiver crianças menor de 12 anos que tenha de manter o acompanhamento ou tenha uma criança maior de 12 anos mas que tenha, seja portadora, criança ou não criança, que seja portadora de uma deficiência superior a 60%. Nesse caso é um direito do trabalhador.

Voz Off: Apesar das exceções ao teletrabalho, algumas Entidades já possuem uma data prevista para a retoma de todos os trabalhadores.

Entrevistado: A partir de 31 de agosto aí entraremos todos porque, entretanto, já haverá começado um novo ano esperemos e os miúdos irão à escola esperemos, não sei, vamos ver como tudo evolui

Voz Off: Estas medidas marcam o início da terceira fase de desconfinamento. Segundo o Primeiro Ministro, Portugal segue, na generalidade, a cumprir o plano previsto pelo Governo.

 

Trabalho realizado por: Beatriz Dias, Diana Ferreira e João Tavares

publicado por Diana Ferreira às 15:35

mais sobre mim

Agustina Uhrig Raquel Batista

Ana Luísa do Vale

Ana Martins

Ana Miranda

Ana Miranda

Ana Ribeiro

Ana Rita Azevedo

Ana Rita Azevedo

Ana Rita Castro e Mara Craveiro

Ana Silva

Ana Sofia Silva

Andreia Araújo

Andreia Oliveira; Gisela Silva; Marta Oliveira

Andreia Resende

Barbara Couto, David Soares e Fábio Costa

Barbara Viana da Mota

Beatriz Sousa

Beatriz Walviesse Dias

Bernardo Monteiro

Bernardo Monteiro

Bárbara Dias, Luana Teixeira, Sofia Coelho

Bárbara Dixe Ramos

Bárbara Oliveira

Bárbara Viana da Mota

Catarina Almeida

Catarina, Inês e Vânia

catarinarocha

Cláudia Carvalho, Soraya Évora, Diogo Rodrigues

culturaulp

Daniel Dias | Eduardo Costa | João Rocha

Daniel Gonçalves

Daniela Couto, Marta Andrade, Raúl Gaspar

danipinojtv

David Sancho

david_9

Diana Alves

Diana Ferreira

Diana Nogueira

Diana Pinheiro

Diogo Moreira

Débora de Sousa

Eduardo Costa

Esperança Joaquim

Esther Egea

fabio

Filipa Coelho

Francisca Rodrigues

Gabi Araújo

Gabriela Bernard, Inês Fernandes e Rafael Moreira

Gabriela Ferreira

Gabriela Silva |Eduardo Vinuesa |María León

Guilherme Cardoso

guillealonsof

Inês Fernandes

ivaniadcardoso

Joana Oliveira

Joana Vieira

joaovieiraallan

jornalismotv

jornalismovanessacunha

João Pimenta

João Tavares

Juliana Neves

Juliana Pinheiro

Jéssica Rocha

Leonor Ferraz

Lisandra Valquaresma

Lourenço Lopes

Lúcio Gomes Correia

Mara Craveiro

Maria Ferreira

Maria Flambó

Maria Inês Moreira

Maria João Silva

Marta Andrade

MartaBm

MaríliaGonçalves

Nádia Santos

Palmieri

Patrícia Dias

Patrícia Sofia Pereira

Pedro Faria

Pedro Lorador

Q'queres Morcão?

Rafael Oliveira

Rayne Fernandes

Renata Andrade

Ricardo Marques

Rita Silva

Rosária Gonçalves

Rui JM Fernandes

Sara Alves

Sara Calafatinho

Sara oliveira

Sara Silva

sessaomeianoite

Soraya Évora

Susana Moreira

t0pas

taniaduraes

TF

Tiago Ribeiro

Tiago Sá Pereira

vanessasanogueira

Vicente Garim

pesquisar
 
Junho 2020
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
18
19
20

21
22
23
24
27

28
29
30


Últ. comentários
Bom dia aos autores deste blog,Querem a ajuda da e...
https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogsp...
Os portistas estavam muito confiantes, mas este nã...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro